Chris Brown ganha capa da Billboard, posa para fotos, e fala sobre prisão e Rihanna

 
Prestes a lançar seu álbum “X”, o cantor Chris Brown conseguiu a capa da nova edição da revista Billboard. Ele posou para uma sessão de fotos inédita e concedeu uma entrevista, na qual falou abertamente sobre os altos e baixos de sua carreira e vida pessoal. Talvez a declaração que sintetize tudo seja: “Espero que não seja definido por alguns poucos momentos da minha vida”.
Na entrevista, ele falou sobre os 108 dias que passou na cadeia, dentro da cela praticamente 24 horas por dia. “É isolação. Você tem tempo para focar no que importa, no que fazer e no que não fazer”, destacou o cantor, que não conseguiu compor durante esse período. Só se sentiu inspirado quando foi solto. Lá dentro, ele sentia mais falta da família do que da música. “Meu nível de maturidade cresceu muito, assim como minha percepção do que é importante”.

A prisão, vale lembrar, foi por causa da violação de sua condicional no caso de agressão à Rihanna. Quanto a ela, ele garante que os dois seguiram em frente, mas entende que sempre serão associados. “[Isso só vai mudar] quando não formos mais relevantes, esse será o caso. Enquanto estiver fazendo algo bom, as pessoas sempre vão trazer coisas antigas e negativas, porque não querem que você supere certo nível ou cresça”, declarou. Ele até acredita que é um exemplo para o público, porque as pessoas podem aprender com seus erros. “Passei por mais coisa do que pessoas de 35 ou 40 anos, e lidei com isso. Conforme me tornava um homem aos olhos do público, continuei perseverando e me mantendo positivo em todas as provações… essa é a única coisa que eu diria que contribui para que eu seja um modelo a se seguir”.