Jennifer Lopez entra na lista dos best-sellers do New York Times com sua autobiografia



A cantora, atriz, dançarina, produtora, empresária e jurada de reality show Jennifer Lopez pode mesmo dizer que é uma escritora também – e bem sucedida. Sua autobiografia “True Love”, lançada recentemente, entrou na lista dos best-sellers do New York Times. O livro aparece em 5º lugar no ranking de Não Ficção de Capa Dura.

“True Love” fica atrás apenas de “Killing Patton” (Bill O’Reilly e Matin Dugard), “Yes Please” (Amy Poehler), “Not That Kind of Girl” (Lena Dunham) e “Being Mortal” (Atul Gawande). Mas ela ficou na frente de pelo menos outros três lançamentos do mercado literário de não ficção. 

Na autobiografia, Jennifer Lopez repassa sua vida em 266 páginas, falando abertamente sobre os desafios da carreira e as história de sua vida pessoal, envolvendo relacionamentos com artistas famosos, como Ben Affleck.