Katy Perry se irrita com paparazzi na Austrália e escreve carta aberta furiosa criticando perseguição às celebridades

 
A cantora Katy Perry está na Austrália, cumprindo agenda de shows da “Prismatic Tour”, e se irritou com a perseguição dos paparazzi atrás dela. Ela fez questão de escrever um texto e postá-lo no Twitter, em uma espécie de carta aberta endereçada à imprensa australiana como um todo. Ela também postou fotos de alguns dos fotógrafos que a incomodaram, e disse que tinha fotos de um deles especificamente pelado: “temos fotos do seu pênis pequeno e da sua barriga grande. Você é um doente de verdade por tirar fotos da gente enquanto está nu”.
 
EXCLUSIVE: INF - Katy Perry enjoys the sun on Sydney Harbour Katy Perry se irrita com paparazzi na Austrália e escreve carta aberta furiosa criticando perseguição às celebridades

Na carta aberta, ela detalhou: “Vocês deviam se envergonhar dos seus paparazzi e da cultura de tabloide. Seus paparazzi não têm respeito, integridade nem caráter. NENHUMA HUMANIDADE. Fui perseguida por muitos homens hoje, enquanto tentava passear calmamente pela praia. Esses homens não paravam, mesmo eu pedindo de novo e de novo para ter meu espaço. Muitos outras pessoas passaram para ajudar, mas os paparazzi continuaram a rir de mim e a fotografar. Eles me disseram para fazer um ‘acordo’ com eles: deixar ser fotografada de biquíni e eles iriam embora. Isso é um comportamento PERVERTIDO e nojento que não deveria NUNCA ser tolerado, especialmente por pessoas que NÃO querem isso. Eu NUNCA vou fazer um acordo com paparazzi e não serei amiga de ninguém que perpetua esse tipo de comportamento”.

Katy nunca foi do tipo de artista que briga com paparazzi. Nos EUA, onde mora, eles também a perseguem, e ela sempre é vista sorrindo e simpática, principalmente quando há fãs por perto. Na Austrália, no entanto, a situação foi mais delicada. “Lembrem-se que qualquer pessoa que publicar ou postar fotos de mim de biquíni sem autorização, tiradas por esses homens nojentos e pervertidos, está contra minha vontade”.