Billboard pergunta: o que será da gravadora da Disney após a saída da Selena Gomez?

 
Uma recente reportagem da Billboard levantou uma questão importante: o que será da Hollywood Records, o selo fonográfico da Disney, após a saída da Selena Gomez no fim do ano? O único nome forte do casting será Demi Lovato e não dá para um único artista carregar uma gravadora. Com o lançamento de sua coletânea de sucessos em novembro, Selena cumprirá a última pendência do seu contrato. Ela já está assinada com a Interscope. 
 
Houve uma debandada geral da gravadora nos últimos anos. Miley Cyrus foi a primeira a sair para fazer sua reinvenção musical, pela RCA Records. Para a Hollywood, foi uma grande perda, porque o álbum “Bangerz” (o primeiro dela fora da gravadora) alcançou níveis nunca alcançados até então na carreira da ex-Hannah Montana. Depois, foram os Jonas Brothers, que quebraram contrato para trabalharem de maneira independente – e em seguida colocaram fim no projeto. Quando Nick voltou solo, assinou com a Island. O que salvou a Hollywood, depois dessas saídas, foi a trilha sonora de “Frozen”, que vendeu milhões e foi uma agulha no palheiro.


hollywood records tempos áureos Billboard pergunta: o que será da gravadora da Disney após a saída da Selena Gomez?

Mas não haverá “Frozen” em 2015. Demi Lovato prepara um álbum novo, mas, como dito, não é possível segurar uma gravadora com apenas um nome rentável. Por isso, a Hollywood pretende investir cada vez mais em seus novatos, como Zendaya (que assinou uma parceria com a Republic Records), Bea Miller (do “X-Factor EUA”), R5 e Joywave. “Nós tentamos construir carreiras. Como se vê com Demi Lovato, Selena Gomez e Grace Potter, não é só um álbum. Tentamos focar na perspectiva de longo prazo”, explicou Ken Bunt, presidente do Disney Music Group.